Veredas-Peruaçu, caatinga e cerrado no norte de Minas

As regiões norte e noroeste de Minas Gerais ainda são pouco conhecidas por observadores de aves. Essa situação tende a mudar à medida que roteiros de birdwatching forem implementados por lá. Atrativos não faltam, desde espécies interessantes até belas paisagens. Nesse contexto, o Minas Birding Tours passa a partir de agora a oferecer pacotes para destinos localizados nessas regiões.

Mata Seca no PARNA Cavernas do Peruaçu, por Ricardo Mendes

O conjunto de Unidades de Conservação conhecido por Mosaico Grande Sertão Veredas-Peruaçu, reconhecido pelo ICMBio, contempla significativas áreas de caatinga e cerrado. É composto por 10 UCs, sendo 3 na esfera federal e 7 na estadual. No início de agosto de 2015 o guia Ricardo Mendes, acompanhado pelos birders Kleber Silveira e Nelson Cabral Pedro, visitaram 3 delas: Parque Nacional Cavernas do PeruaçuParque Estadual Serra das Araras e Reserva de Desenvolvimento Sustentável Veredas do Acari.

No PARNA Cavernas do Peruaçu o objetivo maior foi encontrar espécies típicas da caatinga e da região conhecida como Médio São Francisco.

Dentre as mais de 50 espécies encontradas no PARNA e região durante a expedição, merecem destaque: pica-pau-anão-pintado, pica-pau-ocráceo, piu-piu (ou tem-farinha-aí), torom-do-nordeste, arapaçu-de-wagler, arapaçu-do-nordeste, bico-virado-da-caatinga, joão-de-cabeça-cinza, alegrinho-balança-rabo e maria-preta-do-nordeste.

tem-farinha-aí (Myrmorchilus strigilatus), alegrinho-balança-rabo (Stigmatura budytoides) e arapaçu-do-nordeste (Xiphocolaptes falcirostris), por Ricardo Mendes

O parque ainda preserva grandes cavernas, que lhe conferem o nome, e paredões com pinturas rupestres que datam de 7 a 10.000 anos. Espetáculos à parte para quem curte atrativos além das passarinhadas.

Já na região de Serra das Araras predomina o cerrado com grande extensões de veredas. Por lá o objetivo era conhecer esse ambiente e encontrar espécies que não se vê com facilidade em outros cantos de Minas.

Kleber Silveira e Nelson Cabral Pedro na RDS Veredas do Acari, por Ricardo Mendes

Foram catalogadas mais de 70 espécies nessa primeira visita à região, com destaque para o gaviãozinho, sanã-de-cara-ruiva, arara-canindé, papagaio-galego, limpa-folha-do-buriti, sebinho-rajado-amarelo, suiriri-da-chapada, cigarra-do-campo e mineirinho.

suiriri-da-chapada (Suiriri islerorum), arara-canindé (Ara ararauna) e sebinho-rajado-amarelo ( Hemitriccus striaticollis), por Ricardo Mendes

Há outras opções de roteiros na região, devido ao elevado número de Unidades de Conservação, o que permite pacotes bastante customizados. Por questões de logística e sazonalidades as viagens precisam ser planejadas com antecedência e já estamos reservando datas para 2016. Pedimos aos interessados que entrem em contato para maiores detalhes.

Sobre Ricardo Mendes

Birding since 2006 - www.ricardomendes.eco.br
Esse post foi publicado em Locais para observação, Parques Estaduais, Parques Nacionais, Peruaçu e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s